Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009
1700 pessoas...(lol) no jantar do CDS

Portas animado no arranque da campanha

 

No dia seguinte ao seu aniversário (dia zero da campanha eleitoral), Paulo Portas ouviu os parabéns pelos 47 anos, partiu o bolo e ficou empolgado com os cerca de 1700 presentes no pavilhão do Inatel, no passado sábado. O presidente do CDS/PP não tem dúvidas que o partido “vai crescer muito” nas próximas legislativas e no distrito “pode chegar à eleição de um deputado”, acredita o líder dos populares. À hora que começava o jantar tinha também início o debate entre José Sócrates e Manuela Ferreira Leite, na televisão. O líder popular aproveitou para comentar o frente a frente, acusando os dois opositores de terem “falado de muitas coisas, menos da agricultura”. Durante o discurso proferido por Paulo Portas, o sector agrícola foi o tema principal da sua ofensiva contra as politicas para o sector levadas a cabo pelo Governo de José Sócrates e Jaime Silva. “O rendimento das empresas agrícolas nos últimos quatro anos caiu 31%. É preciso ser muito incompetente para cometer tal proeza de ao cabo de quatro anos contribuir para queda de rendimentos de quase um terço”, criticou. Paulo Portas garante que é preciso defender os agricultores antes e depois do período eleitoral, “porque de agricultura falou CDS sozinho, durante quatro anos e meio”, salientou. As políticas sociais foram igualmente abordadas, e exemplificadas com os feitos do Governo de Cavaco Silva, principalmente com incidência no trabalho de Bagão Félix. Proferindo um ataque à esquerda Paulo Portas frisou que, “a esquerda não tem o monopólio do coração, nem o exclusivo da solidariedade”. Paulo Portas diz estar de acordo com o investimento da A4 para a região, mas não apoia os grandes investimentos que este Governo pretende efectuar no País, como o TGV, o novo aeroporto e a nova ponte sobre o Tejo, “pelo facto de não criarem postos de trabalho para esta região”, disse o líder do CDS/PP. A maioria absoluta “de um só partido” voltou a estar na ordem do dia do discurso de Portas, que considerou que a maioria obtida pelo PS só serviu para “o primeiro-ministro ser arrogante e abusar dela”. No final do jantar, e já ao som do hino do CDS-PP, da autoria da cantora Dina, Paulo Portas considerou que fez “um arranque da campanha com o pé direito” devido à mobilização, e apelou aos militantes que “vão dizer às pessoas que se pensam como o CDS votem no CDS”.

 

Eleger um deputado por Bragança

 

O cabeça de lista do CDS/PP pelo distrito de Bragança diz que é preciso acabar com a hegemonia de PSD e PS, no distrito, que acusa de serem “os responsáveis pela perda de serviços públicos importantes”. Nuno Sousa referiu que as soluções “assentam prioritariamente sobre o problema do desenvolvimento sustentado e integrado do distrito” e avançou com algumas propostas que considera fundamentais para esse desenvolvimento. No plano fiscal defende a redução do IRC, a concessão de créditos de apoio às pequenas e médias empresas, bem como a bonificação da electricidade e água para a criação de um tecido empresarial e comercial forte e gerador de riqueza interna, “que consiga dar emprego e fixar a população, principalmente os mais jovens”, disse. Nuno Sousa considera fundamental que os transmontanos tenham acesso aos serviços públicos, como a saúde e a educação, “sem qualquer tipo de condicionalismos económicos ou demográficos impostos pelo actual Governo”, afirmou. O cabeça de lista dos populares pelo distrito de Bragança diz estar disponível para “defender uma política que corrija as desigualdades do interior e não o seu agravamento”, acrescentou. Para além de Nuno Sousa, o CDS/PP tem como número dois na lista pelo círculo de Bragança, António Ruano e como número três Maria da Piedade Calheiros e Meneses

 

Graça Calejo quer derrotar Silvano

 

A noite de festa do CDS/PP serviu ainda para apresentar os candidatos aos órgãos autárquicos do concelho de Mirandela. Altura aproveitada pela candidata ao executivo, Graça Calejo Pires, para pedir aos presentes que mostrem cartão vermelho ao actual presidente de câmara. A candidata do CDS/PP considera que “a natureza agraciou o concelho de Mirandela”, mas por outro lado entende que “a paisagem humana nem sempre é a mais agradável”. No contacto com a população do concelho, diz ter ouvido “desabafos confrangedores” de um cenário muito negro, dando exemplo dos “caminhos e estradas em mau estado, transportes públicos que não existem nas aldeias, falta de infra-estruturas básicas em várias aldeias, igrejas e escolas degradadas e jovens sem qualquer ocupação nos tempos livres”. Graça Calejo diz que é tempo de encerrar o ciclo de 14 anos do mesmo presidente de câmara “que levou a um endividamento de cerca de 18 milhões de euros”. A candidata dos populares fez questão de enumerar algumas das obras prometidas pelo actual autarca, como o complexo desportivo, a habitação social, o agropólo, o centro escolar e o acesso Oeste ao IP4, para dizer que “foram prometidas em cartazes e manifestos eleitorais, mas nada disto foi concretizado”, disse. Para além disso, Graça Calejo diz que o executivo, liderado por José Silvano, perdeu o financiamento de 400 mil euros para o Museu da Oliveira e do Azeite por atrasos na construção e criticou o sucessivo adiamento do início do hospital privado. A candidata do CDS/PP diz ser tempo de dizer “basta” e mudar de rumo na estratégia a adoptar para o concelho, “dotando as freguesias com qualidade de vida, combater a desertificação, promover a solidariedade e uma política social justa”. Conseguir vitórias nas lutas travadas com a tutela, promover uma economia assente nos nossos recursos agrícolas e turísticos, atrair investimento e pagar a tempo e horas a empreiteiros e fornecedores, são outras prioridades da docente que pretende ser a próxima presidente de câmara de Mirandela. Graça Calejo conta na sua equipa com Nuno Sousa a número dois. Jorge Lopes, Sandra Grilo Pinto, Bruno Martins, Sónia Martins, e Jaime Paçó Sousa são os restantes elementos. Na Assembleia Municipal o número um é Luís de Sousa e o partido apresenta candidatos a 25 juntas de freguesia.

 

F.P. In Mensageiro



publicado por mocasantohilario às 22:08
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De Simão Lourenço a 18 de Setembro de 2009 às 08:54
Estejam atentos ao próximo fim-de-semana, ou seja, ao dia 19 de Setembro. Vão decorrer na Reginorde duas acções de campanha: uma do PP no Pavilhão B e outra do PS no Pavilhão Central com a Gala do CTM. Prenúncios de futuras coligações e acordos a nível autárquico local?


De Custódio Gomes a 21 de Setembro de 2009 às 12:23
Nunca defendi a ideia de que a juventude era uma «geração rasca». Acho que os nossos jovens têm grandes virtudes mas erram como toda a gente porque estão em fase de crescimento e precisam ser educados e formados para viver numa sociedade livre em que todos devem respeitar os direitos dos outros. O CDS/PP de Mirandela realizou no dia 19 de Setembro uma Festa da Juventude e parece que alguns deles não se terão portado muito bem e que no calor dos excessos terão causado estragos em viaturas da Cãmara, além do barulho ensurdecedor provocado pela música, o que é normal porque a música faz barulho. Se isso for verdade, não é muito bom para os jovens e é bom que tenham mais respeito e digo isto em relação aos jovens de todos os partidos políticos. É feio e não beneficia o partido que organizou a festa que, salvo prova em contrário, não será responsável directo pelos danos porque duvido que alguém tenha incentivado os jovens a praticar tais barbaridades, isto se as coisas foram mesmo como contam por aí. Todos sabemos que se inventam muitas histórias nas campanhas eleitorais mas é comum dizer-se que não há fumo sem fogo. Se tal é mentira, era bom que os dirigentes do PP viessem a terreiro desmenti-lo.


De Expressividade democratica a 23 de Setembro de 2009 às 05:28
Parece-me que o srº Custodio fala muito bem no que respeita aos juizos de valor feitos aos jovens e ainda mais razão tem quando afirma inequivocamente a velha maxima de " onde ha fumo ha fogo".Faltou apenas a este senhor salientar o facto de a postagem acima citada ter como assunto da mesma( o jantar) do partido em questão e não a festa dada ou organizada pelo partido aos jovens.Ora tendo o minimo de capacidade de avaliação á personalidade e atitudes das pessoas, facilmente se conclui que quem acendeu o rastilho para aparecer o dito fumo, parece-me sem dúvida ter sido o então SRº Custodio.Com um pouco de agilidade mental e algumas leituras em segunda mão, qualquer homem encontra as provas daquilo em que deseja acreditar...Mas neste caso basta avaliar para concluir a sua falsidade srº Custodio!!!Para concluir e não baralhar mais a sua mente , acredito veemente que se isso aconteceu foi você que encomendou a dita festa sem musica mas com muita cobardia que também faz barulho mais que a verdadeira musica dos tambores e das cordas.


De Expressividade democratica a 23 de Setembro de 2009 às 05:27
Parece-me que o srº Custodio fala muito bem no que respeita aos juizos de valor feitos aos jovens e ainda mais razão tem quando afirma inequivocamente a velha maxima de " onde ha fumo ha fogo".Faltou apenas a este senhor salientar o facto de a postagem acima citada ter como assunto da mesma( o jantar) do partido em questão e não a festa dada ou organizada pelo partido aos jovens.Ora tendo o minimo de capacidade de avaliação á personalidade e atitudes das pessoas, facilmente se conclui que quem acendeu o rastilho para aparecer o dito fumo, parece-me sem dúvida ter sido o então SRº Custodio.Com um pouco de agilidade mental e algumas leituras em segunda mão, qualquer homem encontra as provas daquilo em que deseja acreditar...Mas neste caso basta avaliar para concluir a sua falsidade srº Custodio!!!Para concluir e não baralhar mais a sua mente , acredito veemente que se isso aconteceu foi você que encomendou a dita festa sem musica mas com muita cobardia que também faz barulho mais que a verdadeira musica dos tambores e das cordas.


Comentar post

.links
.mais comentados
.últ. comentários
Na sequência da denúncia que foi apresentada, cons...
Como é do conhecimento geral, um clube poderá sol...
Inclusão irregular de atletas estrangeiras - Époc...
Goste-se ou não de Camilo de Mendonça, ele trouxe ...
Olha! ao senhor mocas agora deu-lhe para fofoquice...
Olá Sr. Moca, ao fim de tanto tempo, aonde tem and...
. . . E mais engraçado: Sabem que devido ás tropel...
Torre de D. Chama…Porque a minha terra é mais impo...
Foi com muito desagrado que tive conhecimento do q...
Olá a todos!!!!Aqui o blog do sr. moca anda muito ...
.posts recentes

. Mota Andrade o deputado c...

. Balanco das autarquicas.....

. OS OPINANTES

. ACIM

. Torre D. Chama

. O BE em Mirandela

. Junta de Freguesia

. Mota Sapo Andrade

. O dia D

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds